Busca no site:
Atendimeto Skype

Suíça


A diversidade de paisagens, como as montanhas, vales e lagos, e de influências culturais – francesa, alemã e italiana – representam a essência da Suíça.

Situada em um dos lugares mais bucólicos do planeta, aos pés dos Alpes, a Suíça ainda assim é mais conhecida por suas sólidas instituições financeiras – é um dos países mais ricos do mundo –, pelos finos queijos e chocolates e pela indústria de relógios.

O turismo é dos setores mais importantes da economia. Além da natureza, as cidades medievais suíças atraem turistas do mundo inteiro. Suas montanhas são cenários comuns em filmes indianos, montados na chamada "Bolliwood" - mistura de Bombay com Hollywood.

As principais cidades são Berna - a capital e patrimônio da humanidade, com suas vielas percorrendo a cidade antiga e suas casas de pedra, Zurique - capital financeira, Genebra – centro cultural e econômico da Suíça de expressão francesa, Basiléia, Lausanne e Lugano - maior cidade do cantão de Ticino, na fronteira da Itália.

Sua moeda é o Franco suíço. Os idiomas são o francês, o alemão, o italiano e o romanche. O clima no país é influenciado por quatro grandes correntes européias e é bem frio no inverno. Em seu ponto mais alto, Dufour Peak, a mais de quatro mil metros de altura, o clima é ártico. Já em Ascona, que fica apenas a 196 acima do nível do mar, o clima é mediterrâneo.

Muito procurada por suas estações de esqui, a Suíça é reconhecida internacionalmente pela qualidade de sua hotelaria. Esses contrastes fazem parte do charme do país que arrebata turistas o ano inteiro.


 

Trem do chocolate

Atualmente, uma das atrações culinárias mais visitadas na Suíça é o Trem do Chocolate, que parte de Montreux em direção a Broc, onde a fábrica de chocolates Cailler-Nestlé está situada. Nesta excursão,… Leia mais.

Foi, Falou e Disse...

João Pedro Jacinto


Cheguei ao México no domingo dia 11 de janeiro de 2015, o transfer atrasou um pouquinho para me buscar, bateu um leve desespero, mas fiquei calmo assim que o vi chegando. No carro, fui com uma brasileira, curiosamente do Rio também, para Playa del Carmen.

Ao chegarmos lá, vimos uma cidade um pouco grande na entrada, com viadutos etc, porém, logo em seguida, já chegamos à residência estudantil. A residência fica na parte turística de Playa del Carmen, uma vilazinha que lembra muito Búzios: pessoas andando nas ruas de pedras, tudo muito perto, se fazia tudo a pé. Há bastante transporte público, que é bem eficaz e te leva a praias da região, como Akumal, Tulum, etc.

Esta região estava cheia de gringos, principalmente europeus (muuuuitos suíços), alguns poucos brasileiros, e alguns outros americanos. A cidade em si, ao mesmo tempo em que é calma e sossegada, é hiper badalada com vários bares, boates, pessoas na praia, tudo que uma cidade animada tem direito.

A residência estudantil que fiquei era muito organizada também, bem intimista, todos se conheciam e os funcionários saíam com a gente para as festas. A escola também era muito boa e bem pertinho, como eu disse, fazia tudo a pé. A cidade também tem ótimos restaurantes e lugares baratos para comer.

Resumindo: foi perfeito!