Busca no site:
Atendimeto Skype

Ásia

Um lugar onde as tradições passadas fazem parte do presente, lar de cenários inesquecíveis. A cada novo destino, um pedaço de nossa história pode ser encontrado. Da Muralha da China até os céus da Capadócia, conheça os mistérios guardados há séculos por este continente.

China

Berço de uma civilização milenar, a China, "Terra dos Dragões", possui mais de 1 bilhão de habitantes - 22% da população mundial. É considerada atualmente uma das mais importantes economias… Leia mais.

Cingapura

Única é a palavra que mais descreve Cingapura. Ela é tudo ao mesmo tempo: uma ilha, uma cidade e um país. Uma cidade dinâmica, rica em contrastes e cores, onde se encontra uma harmoniosa mistura… Leia mais.

Japão -  CP4 Cursos no Exterior|Traveller

Japão

O Japão, ou como os japoneses o chamam, Nippon (que significa a Terra do Sol Nascente) é um arquipélago localizado no leste da Ásia, no Oceano Pacífico, composto por milhares de ilhas. Como a maioria… Leia mais.

Rússia - CP4 Cursos no Exterior|Traveller

Rússia

Em um território tão vasto e com características tão díspares, a Rússia ainda oferece ao visitante muita história, cultura, arte e tradição. É o maior país do mundo em extensão territorial… Leia mais.

Foi, Falou e Disse...

Glícia Castro


Há muito tempo tinha vontade de fazer um curso de inglês fora do Brasil e minha primeira opção sempre foi a Inglaterra, até me tornar mergulhadora e concluir o Curso de Gastronomia e Culinária. Quando decidi unir os úteis aos agradáveis, a Austrália surgiu como uma opção natural, por causa da Grande Barreira de Corais e da culinária, moderna e criativa, que agrega influências européias e asiáticas aos ingredientes locais e que aflorou junto com os vinhos, reconhecidos como de excelente qualidade.
Estudei inglês no Shafston International College. Lá, conheci pessoas do mundo todo e aprendi várias coisas sobre diferentes culturas. Não uso o inglês na minha vida profissional. Sou Bibliotecária, adoro ler e pesquisar, e tenho uma gama de interesses muito grande. Fiz o curso por sentir falto da língua inglesa para uso na Internet e, é claro, em viagens também.
Sou certificada em mergulho no Brasil há algum tempo e escolhi essa região da Austrália por que o nosso planejamento incluiu mergulhar após o curso. Mas claro que a motivação é completamente diferente: não estávamos lá cumprindo um compromisso de trabalho ou para o mesmo, mas como um complemento de uma atividade recreativa, o que dá outra adrenalina e disposição. Na Nova Zelândia, fiz rafting em corredeiras e em cavernas e rapel.
Se você vai estudar algum idioma, procure ficar em uma cidade que tenha o menor número possível de pessoas do seu país, pois, principalmente quando praticamos esportes ou alguma atividade recreativa, tendemos a nos juntar a pessoas que falem a nossa língua, o que tornará mais difícil o aprendizado do idioma. Recomendo um mínimo de quatro meses de curso (se a pessoa estiver em um nível intermediário) conjugado com uma atividade ou trabalho regular aonde haja convivência com os moradores locais.